Galeria

Estudo indica que jogos para exercitar o cérebro realmente funcionam

Desde seu lançamento, jogos como Brain Age prometem aumentar a velocidade de raciocínio e memória com uma série de exercícios para o cérebro. Pensando nisso, a Tohoku University, com a ajuda de um grupo de cientistas e médicos, incluindo o criador de Brain Age, Ryuta Kawashima, resolveu realizar um estudo com 32 idosos para comprovar a eficácia desses recursos.

Do total de voluntários, metade jogaria Brain Age, para Nintendo DS, e a outra metade ficaria com o clássico Tetris. Os idosos foram submetidos a curtas sessões de 15 minutos durante 5 dias por semana. Após um mês, foi constatado que o grupo que jogou o game desenvolvido por Kawashima teve um leve aumento na velocidade de processamento de algumas funções cognitivas, mas não foi encontrada melhora de atenção nos participantes da pesquisa.

Também não foi possível ter certeza que esses efeitos são temporários ou funcionam a longo prazo. Para tanto, seria necessário realizar uma nova pesquisa, que envolvesse um número maior de participantes e que durasse mais tempo. Mesmo assim, os resultados indicam que as pessoas podem, sim, recuperar velocidade e capacidades mentais através de um treinamento a curto prazo.

Os pesquisadores ainda responderam à acusação de que a participação do criador de um dos jogos poderia de alguma forma causar um conflito de interesses. Segundo eles, os dados do estudo foram veiculados em publicações científicas, o que comprovaria sua credibilidade.

Fonte: TechTudo, por André Luiz de Mello Pereira

 

About these ads

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s